MEI: tudo o que você precisa saber

Veja como esse regime tributário pode te ajudar a sair da informalidade, e ter um negócio próprio.

Além disso, saiba quais são as vantagens de ser um Micro Empreendedor Individual.

Nos últimos anos, cada vez mais brasileiros optaram por se transformar em MEI.

Segundo o Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas, a cada 10 segundos um novo Micro Empreendedor Individual nasce no Brasil.

Essa tendência está cada vez mais porta, justamente por conta das vantagens que a modalidade oferece.

Com a crise que assolou o país, e o aumento na taxa de desemprego, muitos brasileiros viram nessa alternativa a solução para se manterem financeiramente.

Mais do que isso, muitos profissionais informais encontraram nela a oportunidade de trabalharem formalmente, e terem direito a vários benefícios.

Nesse artigo, você irá aprender o que é o MEI, quais são suas vantagens, e como se tornar um em poucos minutos.

Então não deixe de ler até o final!!

O que é MEI?

O MEI é um regime tributário voltado para profissionais informais que desejam se formalizar, ou, por quem deseja trabalhar por conta própria.

Essa modalidade foi desenvolvida para estimular que pessoas autônomas pudessem atuar de maneira formal, e contar com várias vantagens.

Mais do que isso, ela também foi criada para ajudar a fomentar a economia do país, através dos Micro Empreendedores.

Um dos grandes diferenciais de se tornar um MEI, é que você terá uma simplificação dos impostos.

Só é necessário pagar uma taxa única no mês, chamada de DAS.

Ela corresponde ao INSS, ICMS/ISS.

Ou seja, o empreendedor ficará isento de todos os outros tributos que outras empresas pagam, como PIS e Confins.

src=”https://consultarfgtsaqui.com.br/wp-content/uploads/2018/10/mei2.jpg” alt=”Micro Empreendedor Individual” width=”5066″ height=”3377″ />

Quais são as vantagens de ser MEI?

Cada vez mais pessoas tem optado por se tornar MEI.

Isso porque, além de conseguirem atuar no mercado, formalmente, essa modalidade oferece uma série de vantagens, tais como:

·         CNPJ

Ao se tornar um Micro Empreendedor Individual, você terá direito a um CNPJ.

Dessa maneira, você poderá ter acesso a linhas de crédito para Pessoa Jurídica, fazer pedidos de insumos como empresa e até mesmo emitir notas fiscais de venda de produtos ou prestação de serviço.

·         Direito a auxílios

Uma das grandes dificuldades que alguns profissionais informais passavam é que eles não tinham direito a auxílios, como salário-maternidade, auxílio-doença entre outros.

Isso ocorria porque a maioria não fazia o recolhimento do INSS.

Já no MEI, o profissional que paga o DAS em dia tem todos esses benefícios e muitos outros, incluindo aposentadoria.

Assim, é possível garantir o futuro.

·         Participar de licitações públicas

A criação da modalidade de Micro Empreendedor Individual abriu uma série de oportunidade para profissionais que, até então, atuavam na informalidade.

A partir do momento que você se torna MEI é possível participar de licitações públicas.

Isso quer dizer que você pode vender mercadorias ou prestar serviços para o Governo.

·         Menos burocracia

Muita gente não sabe, mas abrir uma empresa no Brasil é extremamente burocrático.

Envolve uma série de processos e você pode demorar meses para realmente conseguir iniciar seu trabalho.

Já no MEI é possível se tornar um Micro Empreendedor Individual em questão de minutos.

Todo o processo é feito de forma online, visando dar mais facilidade para o profissional.

·         Redução de custos

E claro que ao se tornar MEI, você acaba tendo uma redução de custos.

Isso porque os impostos são menores, não a taxa de abertura, e não é necessário contratar um contador para o empreendimento.

Esses são apenas alguns dos benefícios de você se tornar MEI.

Não é à toa que tantos brasileiros tem optado por essa alternativa.

Passo a passo para se tornar um MEI

Agora que você já sabe todos os benefícios do MEI, deve estar se perguntando como se tornar um.

O processo é bem simples, basta ter em mãos seu RG, CPF, Comprovantes de endereço da sua residência e da empresa que será aberta e Título de Eleitor.

Caso você tenha declaro IR nos últimos dois anos, é necessário o número da declaração.

Além disso, em alguns munícipios pode ser necessário apresentar a “Consulta prévia de localização aprovada.

Depois é só seguir o passo a passo abaixo:

  1. Primeiramente, acesso o Portal do Empreendedor clicando nesse link;
  2. Em seguida, clique na opção Formalize-se;
  3. Várias opções irão abrir, clique em Formalize-se novamente;
  4. Você será redirecionado para uma nova janela. Insira o seu CPF e a sua Data de Nascimento;
  5. Na próxima etapa, você deverá informar o seu Título de Eleitor, caso seja isento de IR ou não declare. Caso contrário informe o número do recibo IR;
  6. Clique em Prosseguir;
  7. Na próxima janela você deverá informar o número do RG, órgãos emissor, UF emissor, telefone para contato, e-mail, nome fantasia da empresa e capital social;
  8. Em seguida, selecione quais atividades seu CNPJ irá exercer, seguindo a tabela CNAE;
  9. Selecione a sua forma de atuação;
  10. Informe o seu endereço residencial e o comercial (se ele for o mesmo basta selecionar a caixa que indica a opção de mesmo endereço);
  11. Depois leia e selecione a Declaração de Desimpedimento, a Declaração pela opção do Simples Nacional e Termo de Ciência do efeito do Alvará Provisório, e a Declaração de Enquadramento como Microempresa (ME);
  12. Clique em continuar


Pronto, agora você é oficialmente um MEI.

Cuidados que você precisa tomar ao se tornar um Micro Empreendedor Individual

Muita gente se torna MEI mas sem saber algumas questões e cuidados importantes que devem ser tomados.

Para começar o seu rendimento anual não pode ultrapassar R$ 81 mil.

É necessário pagar o DAS todos os meses para garantir seus benefícios e legalidade.

Mesmo você sendo dispensado de contabilidade, é recomendado contratar um contador para controlar os aspectos financeiros.

O MEI é uma excelente forma de profissionais informais ou pessoas que desejam abrir um negócio, abrirem uma empresa.

O ideal é que você procure a Sala do Empreendedor mais próxima, para obter mais informações sobre como ser um Micro Empreendedor Individual, seus direitos e deveres.

Gostou desse post? Então aproveite para deixar o seu comentário.

Please follow and like us:
error

Deixe uma resposta

Fechar Menu