CNH SOCIAL: O que é e como fazer?

A CNH Social é a oportunidade de pessoas com baixa renda têm de tirar a primeira habilitação sem qualquer tipo de custo.

Muitas pessoas têm a vontade, ou necessidade, de tirar a Carteira de motorista.

No entanto, todo o processo para se torar um motorista habilitado custa muito caro, podendo facilmente ultrapassar R$ 2.000.

O que que muita gente não sabe é que alguns brasileiros com baixa renda contam com a CNH Social.

Nesse artigo, você saberá um pouco mais sobre esse projeto, quais são os pré-requisitos necessários para participar dele, e como fazer a inscrição.

Por isso não deixe de ler até o final.

CNH SOCIAL

 

O que é CNH Social?

O projeto Primeira Habilitação para o Transporte – CNH Social é uma iniciativa desenvolvida pelo SEST SENAT (Serviço Social de Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte).

Ela tem como objetivo permitir que jovens de baixa renda tirem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), categoria B, de forma gratuita.

Com isso, se aumentaria a empregabilidade desses indivíduos dentro do mercado de trabalho.

Uma vez que muitas empresas buscam por colaboradores que possam dirigir.

Além disso, a iniciativa também visa facilitar a entrada desses jovens dentro da área de transporte.

É importante ressaltar que, apesar da CNH Social ser uma iniciativa com abrangência Nacional, ela conta com parcerias os Detrans de cada Estado.

Ou seja, é necessário verificar se na sua região o projeto já atua.

Carteira de Habilitação

Quais são os pré-requisitos para quem deseja fazer a CNH Social?

Se você tem interesse em participar do projeto CNH Social é importante ter em mente que alguns pré-requisitos são exigidos.

Isso porque a iniciativa visa dar mais oportunidades para jovens de baixa renda.

Confira abaixo quem pode participar da iniciativa,

  • Quem tem uma renda bruta mensal de no máximo dois salários mínimos;
  • Quem está desempregado a mais de 12 meses;
  • Quem não tem nenhum registro em carteira também pode participar;
  • Beneficiário do Bolsa Família;
  • Se o interessado for aluno da rede pública, e tiver um excelente rendimento escolar, também pode participar da CNH Social;
  • Pessoas portadoras de necessidades especiais também podem participar;
  • Quem for pequeno agricultor rural;
  • Ex presidiários que que buscam reintegração na sociedade;

O projeto utiliza vários fatores para criar um ranking com os interessados.

Caso hajam empares, alguns critérios são levados em conta:

  • Participante com maior tempo desempregado;
  • Quantidade de dependentes na família;
  • Participante com a menor renda familiar;
  • Quem já for maior de idade;

O processo é bastante criterioso justamente para atender quem realmente precisa da CNH Social.

Como fazer a CNH Social

Para fazer a CNH Social, é necessário, antes de mais nada, que o Detran do seu Estado tenha parcerias com o SEST SENAT.

Não são todas as unidades federais que já possuem esse projeto.

Se o seu Estado participar da iniciativa, então você deve seguir o passo a passo abaixo:

  1. Acesse o site do SEST SENAT;
  2. Na página inicial, encontre a opção CNH Social e clique nela;
  3. Em seguida, clique na alternativa “Inscrição” ou “Inscreva-se”;
  4. Você será redirecionado para uma nova página onde encontrará o edital e um formulário de inscrição;
  5. Antes de mais nada leia o edital com calma para ter certeza que você se enquadra em todos os pré-requisitos;
  6. Preencha o formulário com os dados solicitados;
  7. Finalize o processo e então clique em enviar.

A inscrição é apenas a primeira etapa do projeto CNH Social.

Cada Estado terá etapas com datas específicas de realização.

Por conta disso é muito importante que você leia o edital com calma.

Além disso, tenha em mente que você precisará de alguns documentos durante o processo.

Entre eles: CTPS (Carteira de Trabalho), RG, CPF, Comprovante de Residência e declaração de renda familiar.

Importante, atualmente a SEST SENAT não está com inscrições abertas em nenhum Estado.

Isso porque os participantes do último edital já estão passando por todo o processo de retirada da carteira de habilitação.

Por isso fique de olho no site da iniciativa para saber quando as próximas inscrições irão abrir para o seu Estado

Cuidados ao fazer a CNH Social

É muito importante que você tome alguns cuidados antes de buscar fazer a CNH Social.

Isso porque existem muitas pessoas que estão caindo em golpes criados por terceiros mal-intencionados.

Para não correr o risco de sofrer uma situação dessas, lembre-se de tomar alguns cuidados.

·         Sempre verifique o site do SEST SENAT e do Detran do seu Estado

Sempre que novas inscrições para o projeto CNH Social abrem, o edital é divulgado tanto no site do SEST SENAT como no Detran do Estado que está abrindo inscrições.

Logo, verifique esses portais antes de qualquer coisa.

Assim você evita fornecer seus dados para sites de terceiros que não tem qualquer relação com a iniciativa.

·         Nenhum tipo de taxa é cobrado

Outra coisa que você precisa ter em mente sobre o projeto CNH Social é que ele é totalmente GRATUITO.

Nenhum tipo de taxa é cobrado, nem de inscrição, muito menos de material didático.

A iniciativa visa justamente atender quem não tem condições de arcar com os custos de retirada da carteira de motorista.

Logo, ele não cobra absolutamente nada.

Se alguém entrar em contato com você solicitando qualquer tipo de valor, denuncie para a polícia da sua região.

·         Leia o edital com muita atenção

Muitos participantes acabam perdendo a chance de tirar a carteira de habilitação pois perdem datas ou esquecem de documentos importantes que foram informados no edital.

Logo, sempre leia com atenção esse arquivo.

·         Fique de olho nos seus contatos

Se você fez a sua inscrição para a CNH Social, fique de olho no seu e-mail e celular.

Isso porque os órgãos responsáveis, caso você seja selecionado, entrarão em contato através desses contatos.

A CNH Social é uma excelente oportunidade para jovens de baixa renda se qualificarem.

Ter a carteira de habilitação B pode abrir muitas portas dentro do mercado de trabalho.

Por isso, não deixe de monitorar o site do Detran da sua região para saber quando as inscrições estarão abertas.

Gostou desse post? Aproveite para deixar o seu comentário.

Please follow and like us:
error

Deixe uma resposta

Fechar Menu