Abono Salarial | Como Consultar

Abono Salarial | Como Consultar

 

Muitos trabalhadores não sabem que tem direito ao benefício do abono salarial.

Entender o que é abono salarial e quem tem direito a abono salarial é bastante útil para os trabalhadores.
Com valor que pode chegar a um salário mínimo, dependendo da quantidade de dias trabalhados no ano sob análise

Trata-se de um dinheiro que pode ser útil para pagar dívidas, realizar sonhos ou criar um pé de meia

 

 

O que é abono salarial

 O abono salarial é um benefício a que alguns trabalhadores têm direito. É distribuído pelo Governo Federal.

Ele é pago a cada beneficiado anualmente. Seu valor pode chegar a um salário mínimo.

Ele é distribuído aos trabalhadores que cumprem alguns requisitos.

Para receber, o trabalhador não pode ganhar por mês mais de dois salários mínimos.

O trabalhador deve ter tirado a Carteira de Trabalho há mais de cinco anos e deve ter trabalhado por pelo menos trinta dias, consecutivos ou não, durante o ano-base do abono.

Deve também estar registrado e com seus dados corretos e atualizados na RAIS, Relação Anual de Informações Sociais.

Há duas modalidades de abono salarial mais comuns no Brasil.

  • O PIS, que é recebido pelos empregados da iniciativa privada;
  • O PASEP, que é pago a servidores públicos.

Ambos, PIS e PASEP, foram criados nos anos 70 e eram um modo de fazer com que os trabalhadores pudessem partilhar de parte da renda de que seus empregadores usufruíram.

PIS e PASEP podem ser considerados mecanismos de distribuição de renda.

Apenas trabalhadores que tenham sido inscritos nesses programas antes da promulgação da atual Constituição possuem cotas do PIS ou do PASEP.

Essas cotas podem ter seu dinheiro, sob certas circunstâncias, sacado pelo titular.

Para os trabalhadores menos antigos, contudo, o que sobrou do PIS e do PASEP foi mesmo que recebem anualmente.

Por meio de medidas provisória, o Presidente tem facilitado o saque do próprio principal das cotas PIS!99K

Em 2015, pago entre a segunda metade daquele e o primeiro trimestre do ano seguinte foi avaliado em mais de 1 bilhão de reais.

Mais de 1,8 milhão de trabalhadores tiveram direito a sacar.

 

 

Como consultar o abono salarial pelo CPF

Uma das dúvidas mais frequentes entre trabalhadores é sobre como consultar, se receberá e quanto receberá.

A princípio, basta que um trabalhador cumpra os requisitos apontados acima para que ele receba o abono salarial.

Ele não precisa requerer nada.

Cabe ao Ministério do Trabalho identificar quem deve receber o abono e tomar as medidas para que o abono seja pago.

O CPF, contudo, pode ser usado para que a pessoa possa realizar uma verificação.

Acesse o site do Ministério do Trabalho, clicando em http://trabalho.gov.br/abono-salarial

O trabalhador pode consultar sua situação com relação ao abono.

 

 

Como consultar o abono salarial por telefone

Mesmo por telefone pode-se conseguir informações bastante importantes.

Pode-se, tirar dúvidas sobre a elegibilidade do trabalhador para receber o abono salarial.

Pode-se ainda conseguir por telefone, informações quanto a fatores como saldo e rendimentos do abono.

Também pode-se informar sobre o calendário de pagamento.

O número pelo qual essas informações sobre o abono podem ser conseguidas é 0800 7260207.

O atendimento nesse número ocorre de segunda a sábado.

De segunda a sexta, o atendimento é das 8 da manhã até as 10 da noite.
No sábado, ele é feito por apenas seis horas, de 10 da manhã às 4 da tarde.

 

 

Como consultar o abono salarial calendário

É comum que as pessoas se indaguem sobre quando receberão o abono a que elas têm direito.

O calendário é regulado de acordo com o aniversário do beneficiado, no mês de nascimento.

Usualmente, os pagamentos  de PIS ou PASEP, começam a ser realizados na segunda metade do ano e avançam pelo começo do ano seguinte.

A imprensa costuma publicar o calendário do abono salarial.

Sites do governo também costumam publicar para orientar o trabalhador.

O calendário abono salarial 2017 pode ser consultado em http://www.brasil.gov.br/economia-e-emprego/2017/06/governo-divulga-calendario-de-pagamentos-do-pis-pasep-2017-e-2018.

Lá estão indicadas as datas a partir das quais cada grupo de beneficiados pode ter acesso ao abono.

Como se vê claramente, os grupos para recebimento do benefício são organizados de acordo com o mês do ano em que eles nasceram.

É preciso lembrar que há um prazo final, comunicado junto com o calendário, para o saque.

A partir de 29 de junho de 2018, por exemplo, fica perdido o direito ao PIS ou ao PASEP de 2017 para quem não o sacou até então.

Como mencionado acima, é bem comum que trabalhadores não tenham informações com relação a esse benefício.

Para muitos, a existência do benefício, apesar da propaganda informativa do governo e de outras entidades, é o que faz com que não cheguem a pegar esse “dinheiro gratuito”.


“O dinheiro dos abonos salariais que não for sacado pelos beneficiários até o prazo final determinado pelo governo será acrescido aos recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador.

 

 

Como consultar o abono salarial do PIS

 Convém lembrar que a Caixa Econômica Federal é a responsável pelo pagamento do PIS como o Banco do Brasil é do PASEP.

De modo geral, o beneficiado tem direito cresce com o número de dias trabalhados por ele no ano analisado.

Aqueles cujo abono é pelo PIS podem sacar seu benefício em agências da Caixa.

Para isso, essas pessoas precisam de um documento de identificação além do número do PIS a elas atribuído.

 

 

Como consultar o abono salarial pela internet

Pelos meios mencionados acima, seja no site do Ministério do Trabalho, seja no site da Caixa Econômica Federal, pode-se consultar pela internet.

É possível receber informações sobre valor a receber, data para receber o abono e documentos necessários para isso.

O abono do PIS pode ser consultado em https://cotasidade.caixa.gov.br/sipab_quotas/pages/#!/home.

Caso você queira consultar sobre FGTS vá no link http://www.fgts.gov.br/Pages/sou-trabalhador/acompanhe-fgts.aspx.

Gostou desse artigo? Ficou alguma dúvida? Deixe seu comentário abaixo.

 

Please follow and like us:
error

Deixe uma resposta

Fechar Menu